Relatórios de Meta do Google Analytics – onde estão e como interpretá-las

Esse post é o terceiro de uma série de 3 do nosso Guia Gawa de Configuração de Metas do Google Analytics.

Vimos no artigo anterior da série os passos para configurar suas metas no Analytics e antes disso, o que são as Metas do Google Analytics e como definí-las.

Nesse terceiro artigo vou mostrar para vocês os meus 4 relatórios de meta preferidos dentro do Google Analytics. Vou mostrar onde ficam e como interpretá-los. Confira!

Colunas extras dos relatórios-Padrão

A partir do momento que você tem suas Metas configuradas no Analytics, os dados vão começar a popular alguns relatórios que antes estavam vazios.

Praticamente todos os relatórios do Analytics possuem alguma parte afetada pela configuração de Meta. Isso porque quase todas as tabelas dos relatórios-padrão possuem um conjunto de métricas chamado Conversões.

Para ficar mais fácil de visualizar, vou pegar como exemplo o relatório de Idiomas. O caminho para chegar até lá é: Público > Geográfico > Idioma.

caminho para chegar ao relatório de idiomas

Na imagem abaixo observe as 3 colunas mais à direita. Essas são as métricas de Conversões da Meta 1. Na conta de exemplo a Meta 1 foi chamada de Purchase Completed. (Caso você tenha mais de uma Meta configurada em sua conta do Analytics, você pode alternar entre elas usando o botão drop down que fica aqui acima dessas colunas)

Relatório de Meta do Google Analytics - exemplo de colunas

Vamos entender as 3 métricas que podemos analisar aqui.

  1. Taxa de Conversão: aqui temos em percentual o número de visitas que resultaram numa conversão. Se o seu site teve por exemplo 15 conversões num período em que tivemos 300 sessões, a Taxa de Conversão será de 5% (15/300)
  2. Conclusões da Meta: na minha opinião essa métrica deveria vir antes da Taxa de Conversão, pois é aqui que a quantidade absoluta de Metas concluídas vai ser contabilizada. Cada vez que alguém completar a Meta, esse número aumenta em um.
  3. Valor da Meta: se você atribuiu um valor fixo à Meta no momento da sua criação (como expliquei no artigo 2 da série), esse valor vai aparecer aqui multiplicado pelo total de Conclusões de Metas. Se deixou em branco, essa métrica vai ficar zerada. Exemplo: tive 15 conversões, cada um com o valor de R$40, o total aqui nessa coluna será de R$600 (15*R$40)

Com essas colunas, você já consegue fazer análises bastante interessantes. Neste relatório de Idioma mesmo a gente já identificar qual dos idiomas gerou mais conclusões de Meta por exemplo.

Relatório de Canais

Seguindo nessa mesma linha, recomendo analisar o relatório de Aquisição > Todo Tráfego > Canais. 

Relatórios de Meta - relatório de Canais

Adoro analisar esse relatório!

Observe as 3 colunas da direta. Com ela conseguimos identificar que a busca orgânica trouxe 203 conclusões de meta, com uma taxa de conversão a 1,1%. Enquanto que o Display trouxe apenas 16 conclusões de Meta, mas com uma taxa de mais de 5%. Assim, podemos concluir que o Display, apesar de trazer em números absolutos menos visitas (e consequentemente menos conclusões de Meta), proporcionalmente gerou mais conclusões de Meta.

Portanto ele é um canal que está trazendo visitantes mais qualificados do que a busca orgânica. Podemos assim dizer que as campanhas de display dessa empresa estão bem segmentadas e até mesmo sugerir um aumento de investimento nessa mídia.

Além de popular essas 3 colunas de extrema importância em praticamente todos os relatórios do Google Analytics, a configuração de uma Meta vai popular também uma área dentro da conta exclusivamente dedicada às Conversões. Todos os relatórios de meta ali dentro são muito úteis, mas nesse artigo vou focar em apenas dois deles que trazem os insights mais valiosos.

Relatório de Metas

Para ver o primeiro deles, vamos especificamente acessar o item do menu Conversões > Metas > Visão Geral.

Relatórios de Meta - visão geral

Como o próprio nome diz, ali teremos uma visão geral do que aconteceu em nosso site, em relação às Metas.

Aqui temos novamente as métricas Taxa de Conversão, Conclusões da Meta e Valor da Meta, mas somando os dados de todas as Metas da conta. Se você tem 3 Metas configuradas em sua conta, você verá aqui a soma total de conclusões de Meta no período.

Temos também uma listagem das URLs onde as metas foram concluídas. Esse dado é especialmente útil se você tem um meta que pode acontecer em diferentes lugares do seu site. No site da Gawa temos a opção de assinar a newsletter no rodapé de todas as páginas do site. Se um usuário concluiu essa Meta enquanto estava home do site, veremos aqui a URL /. Se ele concluiu enquanto estava na página de contato, veremos aqui a página /contato.

Relatório de Funil

Para ver o segundo relatório, vamos até Conversões > Metas > Visualização de Funil

Se você configurou uma Meta com etapas de funil, como expliquei no artigo anterior, você poderá analisar o caminho que os usuários passaram desde que entraram no funil até a conclusão da Meta.

Os dados vão aparecer no formato de um funil, super intuitivo e detalhado. Veja abaixo o exemplo de um funil de Meta com 4 passos + o 5o passo que é a conclusão da Meta.

Relatórios de Metas - Funil de meta Google Analytics

Pra mim esse é um dos relatórios mais simpáticos do Google Analytics. No centro você vê todas as etapas do funil e quantas sessões passaram por cada uma delas. Nesse caso vimos que das 9476 sessões em que o usuário passou pela etapa 1 – Cart (Carrinho), 2544 chegaram até o final do funil, na etapa 5. Isso é um percentual de 26,85, um número bem alto para os padrões normais.

Em cada etapa conseguimos ver também quantos usuários abandonaram o carrinho naquela etapa. Na etapa 2 – Billing and Shipping por exemplo, tivemos 885 que navegaram para fora do funil. Dessas 451 de fato saíram do site (exit) e o restante continuou navegando pelo site, mas fora do funil.

Com esse relatório conseguimos por exemplo identificar se há uma grande desistência em uma etapa específica do funil. Se isso acontecer, é possível tentar entender os motivos para isso acontecer e até mesmo encontrar uma solução para não perder usuários nesse momento da navegação.

Bom, com isso chegamos ao fim do nosso Guia Gawa de Configuração de Metas do Google Analytics.

Espero que ele tenha ajudado você a configurar sua primeira Meta e também a analisar os resultados de forma eficiente.

Se você perdeu, leia a primeira e a segunda parte do guia nos links.

E se esse Guia ajudou você de alguma forma, deixe aqui um comentário contando como ele melhorou a sua conta do Google Analytics!

Aceito também idéias para outros Guias como este.

Até a próxima!

Escrito por: Isabel Furtado Machado

Isabel é sócia-fundadora da Gawa trabalha com marketing digital desde 2008 e é instrutora de cursos na área desde 2010.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *